Arquitetura, Notícias

Arquitetos que amamos – Paulo Mendes da Rocha

Um dos arquitetos mais reconhecidos internacionalmente, pertencente à geração modernista, assumiu nas últimas décadas uma posição de destaque na arquitetura contemporânea.

Paulo Mendes da Rocha, junto com João Batista Vilanova Artigas, encabeçou a chamada Escola Paulista da arquitetura brasileira. Ambos elevaram a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) com seus pontos de vista sociais e humanistas, influenciando gerações de arquitetos e artistas.

Na sua obra é evidente a influência dos “mestres da Arquitetura Moderna”, como a preocupação com uma arquitetura que mesmo sintética e limpa se exprime pelos detalhes construtivos rigorosamente estudados (Mies van der Rohe), o concreto aparente aliado aos grandes vãos (Vilanova Artigas), a arquitetura formalista procurando denotar a funcionalidade (Le Corbusier) e a busca de espaços supostamente incentivadores do convívio humano, dentro de um projeto de cidade e de sociedade (Rino Levi, Artigas e Alvar Aalto).

Destaque Internacional

Com várias obras vencedoras em concursos públicos, é autor do projeto do Pavilhão Oficial do Brasil na Expo 70, em Osaka, no Japão, esteve entre os finalistas premiados no concurso para o anteprojeto do Centro Cultural Georges Pompidou, em Paris (1971) e projetou o Museu Brasileiro da Escultura-MUBE, em São Paulo (1987), obra que lhe valeu a indicação para o I prêmio Mies van der Rohe, de arquitetura latino-americana (1999).

Entre várias exposições internacionais, podem ser destacadas sua participação com o Grande Prêmio “Presidência da República” na VI Bienal de São Paulo (1961) e salas especiais, na X e XX Bienal Internacional de São Paulo (1968 e 1988).

Em 2000, o arquiteto foi escolhido como um dos representantes da arquitetura brasileira da 7ª Mostra de Arquitetura da Bienal de Veneza.

Nas últimas décadas ele assumiu uma posição de destaque na arquitetura brasileira contemporânea, tendo sido premiado em 2006 com o Prêmio Pritzker, o mais importante da arquitetura mundial. Antes dele, o único brasileiro a ganhar esse prêmio foi Oscar Niemeyer, em 1988.

Paulo Mendes da Rocha na Esquema Imóveis

Sempre com projetos de grandes arquitetos, a Esquema Imóveis conta com alguns imóveis que têm a assinatura de Paulo Mendes da Rocha.

Um deles é uma casa no bairro Cidade Jardim, com ampla vista para o Jockey Club, em rua monitorada 24 horas. Conta ainda com vários decks, jardim amplo e salas em parede de vidro.

Conheça mais no link.

Essa outra foi construída na década de 1960 e com reforma realizada a poucos anos. Ao lado do Parque Ibirapuera, conta com os detalhes originais e cozinha com azulejos assinados por Paulo Mendes da Rocha.

Conheça mais no link.

Outro grande imóvel que temos disponível é essa casa modernista sobre pilotis com projeto icônico do arquiteto, próxima aos clubes Hebraica e Pinheiros, em rua tranquila e segura.

Conheça mais no link.

Projetos experimentais em exposição

Nove projetos do arquiteto, que nunca saíram do papel, nem foram expostos no Brasil, tendo sido vistos somente na Bienal de Veneza, em 2000, fazem parte da exposição, que abre em sua homenagem um mês e meio antes de completar 90 anos. No total, a mostra traz 11 de seus trabalhos mais radicais e experimentais, que têm, como tema comum, além da água, a natureza, a paisagem e o território extrapolando a escala arquitetônica.

SERVIÇO

Ocupação Paulo Mendes da Rocha
Visitação: De 13 de setembro a 4 de novembro
Terças-feiras a sextas-feiras, das 9h às 20h (permanência até às 20h30)
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h
Classificação indicativa: Livre
Entrada gratuita

Spread the love
  • 2
    Shares