Arte e Cultura

Filmes e séries inspirados em ícones da moda

A moda vai muito além de desfiles, fotografias e editoriais, Até mesmo no cinema diversos ícones da moda têm suas histórias contadas pela sétima arte. Pensando nisso, preparamos uma lista de produções imperdíveis sobre ícones da moda para que os admiradores desse mundo apreciem essas obras.

“GirlBoss”

Baseada em um livro com o mesmo nome, a série GirlBoss conta a trajetória de Sophia Amoruso, que saiu de vida humilde aos 22 anos de idade para fundar a marca Nasty Gal. A marca se torna reconhecida por seu estilo único e torna a protagonista uma empresária com mais de 200 milhões de dólares em menos de uma década.

Apesar dos recentes problemas enfrentados pela marca, os quais nem a série nem o livro relatam, GirlBoss instiga um movimento sem volta. Depois de assistir e ler a obra, você vai entender o motivo pelo qual a hashtag #GirlBoss é uma das mais citadas nas redes sociais.

A série traz lições importantes por meio da história. Ela mostra como Sophia levou sua companhia do ‘zero’ até os pontos mais altos e prestigiados do mundo da moda utilizando ferramentas vanguardistas, como o marketing de conteúdo, além de dedicar incansavelmente seu tempo, investindo em conhecimento.

Mesmo que a série tenha sido cancelada pela Netflix, ainda vale a pena assisti-la.

“Casablancas, o homem que amava as mulheres”

Essa produção é um documentário sobre a história de sucesso do chamado “inventor das supermodelos” John Casablancas e sua icônica agência de modelos Elite Models.

A primeira agência foi fundada no ano de 1972 em Paris e, com o sucesso estrondoso, logo deu origem a uma filial em Nova Iorque. Algumas das modelos que foram descobertas ou tiveram suas carreiras alavancadas por John foram Cindy Crawford e Naomi Campbell, além das brasileiras Gisele Bündchen, Alessandra Ambrósio e Ana Beatriz Barros.

O próprio diretor do documentário, Hubert Woroniecki, trabalhou com John Casablancas em Nova Iorque de 2009 a 2012. Ao receber a notícia de que o agente de modelos só teria mais 6 meses de vida, Hubert mergulhou na produção do filme, falando sobre como a Elite dominou a moda durante a década de 1990, a rivalidade da agência com a concorrente Ford e as polêmicas que levaram John a vender sua parte da empresa.

“Jeremy Scott: The People’s designer”

Controverso, Jeremy Scott é inegavelmente um dos ícones da moda mais famosos de sua geração. O estilo de suas grifes Moschino e Jeremy Scott é criativo, divertido e chamativo, atraindo grande atenção do público, seja de forma positiva ou negativa.

O documentário foi produzido pela mesma equipe de “Valentino: o Último Imperador”, outra excelente indicação, e conta a vida de Jeremy desde quando ele era uma criança no interior dos Estados Unidos até o momento em que ele assume a marca italiana e assina sua primeira coleção.

Aborda também como Jeremy Scott se tornou um símbolo de referência por misturar a alta-costura com a cultura pop atual. Ainda com contribuições de integrantes da família do estilista e de amigas pessoais famosas, também ícones da moda e da cultura pop, como Miley Cyrus, Katy Perry, Rihanna e Rita Ora.

“Iris, Uma Vida de Estilo”

Há cerca de 30 anos presente ativamente no mundo da moda e design de interiores, a novaiorquina Iris Apfel tem sua história contada no documentário feito pelas talentosas mãos do cineasta Albert Maysles.

O filme aborda a vida de Iris, seu trabalho na decoração da Casa Branca e como criadora de peças e combinações de acessórios audaciosas, que nunca passam despercebidas. Além da retrospectiva de sua trajetória, Iris participa do longa transportando o espectador diretamente para sua rotina, desde dicas de estilo até sobre compras.

Até hoje Iris Apfel, aos 97 anos, continua sendo um dos maiores ícones da moda.

“Coco antes de Chanel”

Como o título já indica, o filme mostra a vida de Gabrielle Chanel antes da fama como estilista. Começa em sua infância complicada, com tentativas de ser cantora de cabaré e chega ao momento em que ela conhece Balsan, que fica fascinado por sua personalidade.

Só o elenco — com a participação de Audrey Tautou e Benoît Poelvoorde — já serve como um estímulo para ver o filme. No entanto, a obra fica ainda mais interessante por revelar a evolução da personalidade de uma das estilistas mais revolucionárias já vistas pelo mundo.

Por terminar no momento em que “Coco” se tornou mundialmente conhecida, vestindo roupas masculinas e negando acessórios femininos em alta da época, muitos espectadores podem se sentir privados de conhecer outros momentos interessantíssimos da vida da estilista. No entanto, esta é uma excelente oportunidade de se conectar com um dos maiores ícones da moda de todos os tempos.

Esta seleção de filmes é inspiradora, já que aborda temas diversos e conta histórias fascinantes.

Spread the love