Arquitetura e Decoração

Borda infinita: muito além da sensação de amplitude

Piscinas que equilibram beleza, sofisticação e funcionalidade são tendência no alto padrão

 

O design das piscinas com borda infinita faz com que a linha da água pareça não ter fim, transbordando e se estendendo além dos limites da piscina. Trata-se de uma solução moderna e sofisticada, ideal para terrenos em declive.

A construção de uma piscina com borda infinita se diferencia das estruturas tradicionais por conta de sua instalação. Embora o custo seja mais alto, já que a piscina exige tubulações e bombas específicas, o resultado em geral surpreende e faz valer o investimento. É um elemento que faz a diferença na área externa de uma casa ou mesmo no rooftop de um prédio, permitindo uma fusão entre a arquitetura e a paisagem natural.

Acredita-se que o conceito de piscinas com borda infinita tenha se originado na França, inspirado pelo design da Fonte de Apolo no Palácio de Versailles. No entanto, o primeiro arquiteto a incorporar uma piscina com esse tipo de borda foi o norte-americano John Lautner, no início dos anos 1960. É ele o autor da piscina que aparece no filme 007 – Os Diamantes São Eternos (1971).

A Fonte de Apolo, no Palácio de Versailles

 

Como funciona?

A escolha da piscina de borda infinita depende o local onde ela será instalada. No caso de um terreno com desnível (o mais indicado para esse tipo de estrutura), instala-se uma calha para transportar a água que transborda na extremidade de volta para a piscina. Em terrenos planos, a canaleta ao redor pode ser coberta com pedras. Também existe a possibilidade de implantar a borda infinita em mais do que uma lateral da piscina, potencializando a sensação de amplitude. Vale ressaltar que as bordas retas são sempre mais indicadas para esse tipo de construção, já que o efeito de infinitude é maior do que o provocado pelas linhas curvas.

A paisagem do entorno também é importante para compor o cenário onde a piscina será colocada. O ideal é posicionar a borda infinita de frente para uma vista privilegiada e preferencialmente aberta, panorâmica, como a do mar, de um lago ou de uma ampla área verde. Por isso, é importante que o projeto leve em consideração o posicionamento da piscina no terreno. Também é essencial considerar a direção do nascer e do por do sol, para aproveitar a beleza natural do horizonte.

Para proporcionar o efeito de continuidade e garantir a segurança dos usuários, é preciso que a piscina tenha pelo menos 30 metros quadrados. Já para a manutenção, o principal cuidado é manter a canaleta sempre desobstruída, além de verificar regularmente os mecanismos que permitem o perfeito funcionamento da piscina. O custo com produtos para limpeza também é mais alto, nesse caso, já que o cloro evapora com maior rapidez quando a água cai na calha da borda infinita.

 

Compondo a paisagem

Algumas dicas de elementos arquitetônicos e decorativos que podem ajudar a compor e valorizar o visual de uma piscina com borda infinita:

– Integração entre a piscina e uma área gourmet com churrasqueira.

– Harmonização entre a piscina e a vegetação ao redor, com plantas que não interfiram na apreciação da vista. Jardins verticais são soluções interessantes para o lado de bordas tradicionais.

– Utilização de objetos decorativos com cores marcantes, como poltronas, espreguiçadeiras, mesas ou vasos.

 

– Revestimento da piscina que remete às cores predominantes na paisagem do entorno (por exemplo, fundindo-se com o azul do oceano).

– Inclusão de elementos complementares, que acrescentam ainda mais sofisticação ao ambiente, como degraus, fontes e cascatas.

– Utilização de materiais transparentes, como o vidro, nas paredes da piscina de borda infinita.

– Instalação de deck de madeira junto à piscina, garantindo o conforto.

– Implantação de iluminação cênica, deixando o ambiente acolhedor também para utilização durante a noite.

– Para espaços mais reduzidos, piscinas com formato irregular podem ser uma boa solução.

 

Conheça alguns imóveis com piscina de borda infinita disponíveis na Esquema Imóveis, nos bairros de Moema, Cidade Jardim e Alto de Pinheiros.

 

 

Spread the love