Economia e Mercado

Entendendo as etapas do home staging

Saiba mais sobre o passo a passo desse trabalho que prepara o imóvel e acelera a venda no mercado

 

Ferramenta de marketing que transforma imóveis em verdadeiros cenários de revista, o home staging está conquistando o mercado imobiliário e tem tudo para se tornar uma tendência no Brasil. Trata-se de um trabalho minucioso e multissensorial, que busca criar um ambiente acolhedor e harmônico para o comprador, realçando cada ambiente e otimizando os espaços, com foco na venda do imóvel.

Sempre inovando no segmento, a Esquema Imóveis tem trabalhado em parceria com a home stager Fernanda Genthon, profissional com formação reconhecida internacionalmente e membro da Real Estate Staging Association (RESA), nos Estados Unidos. Para a contratação desse serviço, basta que os proprietários de imóveis manifestem seu interesse junto aos corretores que realizam seu atendimento durante o processo da venda.

 

 

Etapas do home staging

O trabalho de preparar um imóvel para ser comercializado tem vários processos, que podem ser divididos da seguinte forma:

  • Visita ao imóvel: Junto com o corretor responsável, o home stager faz uma visita de apresentação da propriedade, para conhecer suas características e personalidade.
  • Entendimento do público alvo: Em função da visita, é realizada a definição do público-alvo que pode vir a se interessar pelo imóvel. Uma conversa com o corretor permite entender o valor do imóvel e as particularidades do bairro, facilitando a identificação do público.
  • Medição da área e levantamento do inventário: Além da planta original do imóvel, é necessária a medição dos ambientes e o levantamento do inventário do mobiliário existente na propriedade – e, em alguns casos, até mesmo outros móveis disponíveis do proprietário, bem como obras de arte e acessórios.
  • Elaboração de proposta executiva e financeira: A partir dos primeiros passos, é criado o projeto de home staging para cada ambiente, buscando soluções para amenizar os pontos fracos e destacar os pontos positivos do imóvel, que incluem melhor uso dos espaços, fluxo de circulação, ajustes na iluminação e no mobiliário, eliminando ou acrescentando móveis e objetos para criar o efeito desejado. Nessa etapa, é definido o investimento necessário.
  • Apresentação para o proprietário: Uma vez definida a proposta criativa, é então apresentada a solução para o proprietário do imóvel. Após a aprovação da proposta financeira pelo proprietário, começa a execução do projeto, com a inserção de elementos decorativos e acessórios, a fim de criar nos ambientes links emocionais que provoquem ressonância com o público-alvo.
  • Registro cenográfico: Depois de realizada a adequação do imóvel, é feito o registro em fotos ou vídeos, que posteriormente serão editados, para preparar o material de divulgação – online e impresso.
  • Definição de argumentos comerciais: Preparação de um briefing com informações adicionais, que é passado ao proprietário e ao corretor, para que eles possam apresentar o imóvel sob seu melhor prisma.
  • Lançamento para o mercado: Após o preparo do imóvel e dos materiais de divulgação, o produto está pronto para ser lançado no mercado. Assim, eventos como “open house“, campanhas online ou visitas individuais podem ser agendados.

De acordo com Fernanda Genthon, a fotografia e os vídeos especializados no setor imobiliário andam de mãos dadas com a técnica do staging. “A etapa mais desafiadora é transformar um ponto fraco do imóvel. Já as etapas mais gratificantes são o momento em que o cliente vê sua casa sob outra perspectiva, ao final do trabalho, e também a satisfação quando ele vende o imóvel, alcançando o valor que almejou dentro de um curto prazo”, explica a home stager.

 

 

Por onde começar?

Tanto o proprietário quanto o corretor podem procurar os serviços de um home stager. “O objetivo do proprietário é maximizar as chances de ser bem-sucedido na venda do imóvel, em um tempo menor”, observa Fernanda. “No caso do corretor, ele procura o profissional em home staging a fim de propor uma solução que melhor se alie aos interesses do seu cliente, o que pode ser um diferencial junto ao proprietário: oferecer um serviço único, além de aumentar suas chances de fechar negócios”.

Em geral, o profissional leva cerca de uma semana para preparar o imóvel e mais uma para fotografar; no entanto, cada projeto é único e possui suas peculiaridades. Caso seja necessário realizar reformas no imóvel, por exemplo, uma etapa é acrescentada ao processo, o que demanda um pouco mais de tempo para que o local fique pronto para ser comercializado. “Porém, o tempo que o imóvel permanecerá no mercado por se tornar mais atrativo será menor. Assim, o prazo entre a decisão e a venda poderá ser mais curto e o preço alcançado, maior”, completa Fernanda.

Em especial no mercado de alto padrão, as referências e indicações no que diz respeito aos profissionais envolvidos no processo são indispensáveis. Por esse motivo, contratar um home stager com experiência e expertise é algo essencial, tanto para valorizar os aspectos positivos de uma casa ou apartamento quanto para agilizar o processo de venda. Na Esquema Imóveis, os corretores são orientados a indicar o serviço de home staging, que tende a se tornar um grande diferencial no setor imobiliário.

 

Fotos: Fernanda Genthon

 

Spread the love