Viagem

Oeiras: o novo refúgio de Portugal

Qualidade de vida e localização privilegiada são alguns dos atrativos dessa pequena e próspera cidade portuguesa

 

Com clima ameno e ensolarado, que favorece as atividades ao ar livre, Oeiras é o destino ideal para quem procura tranquilidade e qualidade de vida em terras portuguesas. Localizada entre Lisboa e Cascais, a cerca de 20 minutos da capital, a cidade tem se mostrado também uma excelente opção de investimento para o público brasileiro que busca imóveis de alto padrão no exterior.

Com pouco mais de 170 mil habitantes, Oeiras é uma cidade pequena, porém densamente povoada. É também o município com maior número de habitantes com curso superior em todo o território de Portugal, o que resulta em salários mais altos do que no restante do país. Além disso, a administração pública tenta proporcionar aos cidadãos um ambiente urbano equilibrado e saudável, que inclui parques, jardins, piscinas e calçadão para caminhadas, completando a paisagem natural formada pelas praias da região. Oeiras também oferece boas opções de gastronomia e uma infraestrutura completa de transportes, além de excelentes escolas e hospitais.

A modernidade é o ponto forte da cidade. Além dos imóveis com vista para o mar, há muitas opções de prédios de luxo recém-inaugurados. Devido ao grande número de multinacionais instaladas na região, Oeiras é considerada o Vale do Silício europeu, o que atrai profissionais qualificados das mais diversas áreas – para atuar em empresas que incluem Google, Amazon, Samsung, LG, Ericsson, HP, General Electric, Cisco, Hewlett-Packard, Nestlé, Bayer, Johnson & Johnson e L’Oréal. As áreas de maior atuação das multinacionais sediadas na cidade são Tecnologia de Informação/Comunicação e Biotecnologia/Indústria Farmacêutica. Entre os parques empresariais de Oeiras, destacam-se o Arquiparque, Taguspark, Quinta da Fonte e Lagoas Park.

Por ter se tornado um verdadeiro centro econômico, a região é uma das mais ricas e desenvolvidas da Europa. Atualmente, Oeiras apresenta o maior rendimento per capita de Portugal, ocupando a segunda posição na arrecadação de impostos no país, além de ser o segundo município português com maior poder de compra. Também apresenta a menor taxa de desemprego em toda a área metropolitana de Lisboa. Trata-se de uma cidade rica, bonita e segura – certamente uma das melhores opções em terras portuguesas para investir ou morar, seja pela qualidade de vida, economia e empregos, estrutura viária, vantajosa posição geográfica ou por suas exuberantes paisagens naturais.

A cidade se destaca pelas atividades ao ar livre e à beira-mar

 

Os parques empresariais fazem com que Oeiras se destaque pelo desenvolvimento e qualidade de vida

 

Para relaxar

Há muitas coisas para fazer em Oeiras, principalmente se o objetivo é se divertir ou descansar. A Piscina Oceânica, por exemplo, é um local perfeito para curtir os dias quentes, em meio a duas gigantescas piscinas com água do mar, além de uma vista privilegiada para a marina. Outra opção na área costeira é o Aquário Vasco da Gama, um dos mais antigos do mundo, inaugurado em 1898. O Passeio Marítimo de Oeiras é mais um dos atrativos da cidade, permitindo caminhadas e corridas à beira-mar. Entre as praias mais procuradas estão a Praia de Santo Amaro, a Praia de Carcavelos, a Praia da Torre e a Praia das Fontainhas.

Para quem gosta de esportes, o Centro Desportivo Nacional do Jamor (CDNJ) é um complexo de infraestruturas desportivas públicas, localizado no vale do rio Jamor. O centro conta também com um parque urbano e uma extensa zona de mata. No que diz respeito a parques, a cidade está bem servida: o Parque dos Poetas, por exemplo, conta não somente com área verde, mas esculturas de poetas e escritores portugueses de renome. Destacam-se pela beleza natural também os Jardins da Cascata, localizados na Quinta Real de Caxias.

Entre os monumentos do patrimônio histórico na cidade está a Quinta do Marquês de Pombal (também Conde de Oeiras e fundador da municipalidade, em 1759, por doação do Rei José I). Sua antiga propriedade – totalmente restaurada – conta com palácio, jardim, adega e celeiro. Trata-se de um exemplar das casas senhoriais portuguesas do século 18, em estilo arquitetônico barroco e rococó.

 

O Palácio do Marquês de Pombal faz parte do rico patrimônio histórico de Oeiras

 

Se a ideia é conhecer um pouco da história industrial da cidade, vale visitar a Fábrica da Pólvora de Barcarena, que foi transformada em espaço cultural. Já no centro histórico Paço d’Arcos encontram-se os Fornos de Cal, abertos à visitação, cujas origens datam de 1582. Reminiscentes da ocupação romana na Península Ibérica, deixados pelos primeiros habitantes da região, também podem ser encontrados em diversos pontos pela cidade, principalmente em mosaicos e pontes.

No início do século 20, Oeiras se transformou em um ponto de lazer muito procurado pela elite portuguesa, que passou a ocupar as praias da região, principalmente por razões médicas (acreditava-se que o ar e as águas da cidade tinham propriedades terapêuticas). A construção de uma rodovia federal entre Lisboa e Cascais também favoreceu o desenvolvimento local, permitindo um grande fluxo de turistas e novos moradores.

Ao final dos anos 1980, Oeiras passou a constituir seu próprio polo industrial, concentrado em atividades ligadas à pesquisa científica, tecnologia da informação e comunicações. O desenvolvimento dos parques industriais fez com que a cidade deixasse de ser apenas mais um subúrbio de Lisboa para se tornar um local cobiçado, com alto padrão de vida e uma importante posição no cenário econômico português. Entre os prêmios recebidos pela municipalidade estão o de Melhor Concelho para Trabalhar, Município de Excelência, o European Enterprise Award e o ECOXXI Award.

 

Conheça alguns de nossos imóveis na região de Oeiras, Lisboa e Cascais, em Portugal.

 

Spread the love