Arquitetura e Decoração

Propriedades históricas que inspiram decoradores

A arquitetura pode contar muita história. Por isso, selecionamos quatro propriedades cheias de personalidade, que chamam a atenção por terem sido construídas com referências a períodos históricos, localidades e grifes famosas. Todas elas possuem muito estilo e detalhes exclusivos.

Embora algumas dessas casas já apresentem referências ultrapassadas, até hoje elas podem servir como inspiração, por seus detalhes e técnicas decorativas.

 

1. Mansão Versace, Miami, Estados Unidos

Com dez quartos, 11 banheiros e uma piscina revestida de ouro 24 quilates, a propriedade foi comprada em 2000 por US$ 19 milhões (R$ 61,3 milhões). Em 2013, foi totalmente reformada e vendida para a empresa Jordache Enterprises, em um negócio de US$ 41,5 milhões (R$ 133,8 milhões), o que fez da casa uma das mais caras dos Estados Unidos. Atualmente, funciona como o hotel boutique Villa Casa Casuarina.

São muitas as curiosidades da propriedade, entre elas as portas e passagens secretas, cantos ocultos por toda casa para guarda-roupas e uma estátua de Medusa, instalada no jardim da piscina – importada de Reggio Calabria, na Itália, cidade onde Gianni Versace nasceu.

 

 

2. Versailles, Orlando, Estados Unidos

Uma das maiores casas norte-americanas, localizada em Orlando, foi construída por David Siegel, dono e fundador da empresa Resorts Westgate, e sua esposa Jackie Siegel. Como o nome da casa indica, ela foi inspirada no Palácio de Versailles.

A propriedade tem cerca de 90 mil m², 13 quartos, 22 banheiros, várias cozinhas e 9 ambientes comuns. Será revestida de mármore branco italiano e terá mais de 20 metros de altura. Varandas francesas balaustradas e colunas também fazem parte do projeto. As portas, com cerca de 6 metros de altura, assim como as 160 janelas, serão feitas de mogno brasileiro.

Tanto sua fachada quanto o interior da casa misturam elementos modernos com antiguidades, que lembram o palácio francês. Por isso, foi apelidada de Rainha de Versailles.

 

 

3. Pavilhão Mourisco de Manguinhos, Rio de Janeiro

Mais do que sede e símbolo da Fundação Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro, o Pavilhão Mourisco, construído no início do século XX, é rico em referências da arquitetura árabe-espanhola. Além disso, ostenta a mistura da beleza da tapeçaria árabe com a história contada pelos azulejos portugueses decorados, ladrilhos hidráulicos nos pisos, vitrais coloridos, colunas e arcos típicos desse estilo arquitetônico.

Importante patrimônio cultural, o prédio histórico abriga diversos documentos, objetos, fotos antigas e, principalmente, elementos arquitetônicos de épocas variadas, que servem de inspiração para a decoração.

 

 

4. Castelo do Batel, Curitiba

O castelo é inspirado nas construções de palácios antigos na região francesa do Vale de Loire. É a realização do sonho do cafeicultor Luiz Guimarães, que tinha o hábito de viajar pela França desde 1921 e idealizou o imóvel a partir de inspirações europeias.

Localizado em Curitiba (PR), o projeto foi realizado pelo arquiteto Eduardo Fernandes Chaves. Durante muito tempo, foi a maior e mais requintada construção do Brasil, servindo como referência para as novas residências de famílias ilustres em capitais como Rio de Janeiro, São Paulo e Recife.

Atualmente, o espaço funciona como centro de eventos sociais e empresariais.

 

Essas propriedades temáticas e históricas são exemplos de imóveis que foram projetados para se diferenciar na arquitetura e design de interiores. Eles trazem personalidade e exclusividade, servindo como inspiração para imóveis contemporâneos.

 

Spread the love
  • 3
    Shares