Quotidiano

Como engajar equipe e clientes em tempos de crise

Criatividade e inovação foram as soluções da Esquema para manter os colaboradores e o público próximos durante a quarentena

 

Quando o coronavírus chegou ao Brasil e foram tomadas medidas para conter a pandemia, a principal questão para a maioria das empresas provavelmente foi: como manter a produtividade e os negócios em andamento, com as pessoas em isolamento social? De que forma é possível criar essa proximidade com clientes, parceiros e colaboradores, mesmo à distância?

Motivar a equipe em home office e engajar o público em tempos de crise é certamente um grande desafio, mas a palavra-chave na Esquema, durante este período atípico de nossa história, foi compartilhamento. Afinal, a tecnologia e a conectividade podem ser aproveitadas para nos ajudar, especialmente em momentos como este. Com muita criatividade e inovação, o foco da empresa foi sobretudo manter os canais de comunicação abertos.

“A questão do home office é que, em algumas áreas, ele pode até ser benéfico em termos de eficácia do trabalho, de foco e objetividade. Mas minha percepção é de que esse modelo prejudica um pouco o engajamento da equipe, a manutenção do espírito e da cultura da empresa”, explica Marco Túlio Vilela Lima, CEO da Esquema Imóveis.

Para solucionar esse problema, o departamento de marketing da Esquema sugeriu a criação de uma coluna diária, com depoimentos da equipe, curiosidades e notícias relevantes – ideia essa que foi logo “abraçada” pelos diretores da empresa. “Imaginei que isso poderia nos ajudar a ficarmos mais próximos, a relembrar quais são nossos valores. Apesar do distanciamento físico, de certa forma isso nos aproxima”, conta Túlio.

Chamada de Quotidiano, a coluna é escrita em forma de diário e sai todos os dias no blog e nas redes sociais da empresa. Traz diversas sessões, com relatos do dia a dia dos corretores, dicas de produtividade, novidades sobre o combate ao coronavírus e também os imóveis recém-adicionados no site. Ou seja, além de ser um sucesso internamente, entre os colaboradores, tornou-se uma nova fonte de geração de leads.

O CEO da Esquema acredita que o maior diferencial do Quotidiano seja justamente a participação coletiva. “A coluna trouxe engajamento, porque só conseguimos fazer o diário com a colaboração da equipe, quando eles mandam informações. Apesar da distância, essa troca está sendo muito positiva.”

Marco Túlio explica que estava em seu planejamento para gestão de crise manter o relacionamento institucional com clientes, o que também tem acontecido com transmissões live pelo Instagram (que depois serão replicadas nas outras redes), sobre assuntos diversos que permeiam o mercado imobiliário. Todas as segundas, quartas e sextas-feiras às 19h, o CEO convida pessoas de diversas áreas para um bate-papo.

Nossa primeira live foi no dia 30 de março, com Daniel Caldeira, CEO da Mogno Capital, sobre “Comportamento e expectativas para os fundos de investimentos imobiliários”. A segunda, com Renata Taveiros de Saboia, neuroeconomista especializada em economia comportamental e tomada de decisão, no dia 1 de abril, tendo como tema “O que acontece com o seu cérebro em tempos de incertezas e como isso afeta suas decisões econômicas”. A terceira live será com o advogado Rafael Antal, no dia 3 de abril, sobre “Negócios imobiliários no momento atual – aspectos jurídicos e práticos”.

Afinal, queremos mostrar que é possível manter a empresa funcionando e o público engajado, mesmo em um período no qual o mercado se mantém relativamente estagnado. “Acredito que todas as crises geram lições e aprendizados”, afirma Túlio.

 

Não deixe de conferir todas as edições de nossa coluna Quotidiano:

 

Dia 1: 

 

Dia 2:


Dia 3:

  

Dia 4:

 

Dia 5:

  

Dia 6:

 

Dia 7:

 

Dia 8:

 

Dia 9:

 

Dia 10:


Dia 11:

 

Dia 12:

 

Spread the love